O Time de Desenvolvimento

Existem diversas atividades que uma pessoa pode exercer em um time de desenvolvimento de games. Aqui vou listar algumas das principais atividades envolvidas no processo de desenvolvimento de um game, mas é importante deixar claro que as listadas abaixo não são as únicas envolvidas na indústria de games.
Como qualquer outro produto, um game também passa por processos de controle de qualidade, marketing, vendas, logística, etc.  e portanto há inúmeras outros etapas e pessoas envolvidas.
Além disso, quanto maior for o tamanho da empresa ou equipe, maior será a demanda por profissionais mais especializados em algum aspecto do desenvolvimento.
Sem mais delongas, vamos começar!

Programador

O programador transforma toda a lógica do jogo em código capaz de ser interpretado e executado pelo computador de acordo com a necessidade.
A linguagem de programação varia de acordo com a escolha da empresa e da engine escolhida para o desenvolvimento do jogo, mas normalmente é utilizado C, C++, C# ou Java como linguagens principais.
Normalmente exige um nível de conhecimento técnico maior do que as demais áreas, mas na média também tende a remunerar mais.

Artista

É responsável pela identidade visual do jogo e como ela é uma das peças mais importantes da experiência do usuário e as demais peças têm uma relação direta com ela, é natural que esta seja a primeira etapa do desenvolvimento do jogo.
Em equipes menores o artista gráfico pode ser encarregado de mais de uma atividade dentre elas a arte do ambiente, dos personagens, dos itens, da interface do usuário, etc. Ele pode trabalhar em projetos 2D (sprites) ou 3D (modelagem) e em equipes suficientemente grandes pode se especializar em um único aspecto do design gráfico.
Também é importante que o artista gráfico conheça e saiba aplicar conceitos de animação.

Sound Designer

Produz a música ambiente do jogo, mas não está limitado a ela. O designer de áudio produz diversos efeitos sonoros utilizados no decorrer do jogo. É um trabalho criativo e também altamente técnico.
O áudio do jogo causa as mais diversas sensações ao jogador dependendo do contexto. Um bom designer de áudio é capaz de melhorar a experiência do usuário e de ampliar a sensação de imersão através do áudio.

Game Designer

Talvez a habilidade mais importante do game designer seja saber escutar e se comunicar. Ele será responsável por juntar o trabalho dos demais profissionais para que, no contexto do jogo, tudo faça sentido e crie uma boa experiência (essa é a palavra-chave!) para o jogador. Saber um pouco da atividade dos demais desenvolvedores é um ótimo diferencial.
Já se perguntou durante um jogo como é que tudo se encaixa tão perfeitamente? Acontece que é o game designer quem decide quando e onde aquela arma especial vai aparecer para que o jogo não fique nem muito fácil, nem impossível e ainda seja divertido.
Matemática, estatística e probabilidade são alguns dos conhecimentos básicos para quem quer atuar como game designer.

Produtor

O profissional com perfil mais gerencial dentre os comentados anteriormente. É o produtor quem irá cuidar dos prazos de entrega, do orçamento e da organização da equipe.
Deve conhecer um pouco da atividade de cada desenvolvedor para orientá-los com eficiência. Ainda há a possibilidade de colocar a mão na massa em alguns casos.
Apesar de não se envolver profundamente com nenhuma área específica, será o produtor quem deverá responder por alguma falha ou atraso do jogo no final do dia.
Sei que muitos outros integrantes de um time completo de desenvolvimento ficaram de fora, mas de uma forma genérica essas são as principais atividades.
Bem, é isso aí. Chegamos ao final. Obrigado por ler até aqui.
Se você gostou desse post, comente. Se não gostou, comente o que poderia melhorar. Esse espaço é de vocês e o feedback de vocês é importante para torná-lo melhor a cada dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *